A Solidão que Invade

solidao3

A solidão invade meu ser e não se abate.
Sólida! Absurda! Consome e rasga os prantos desesperados.
O que a noite esconde?
Tão infinita, convulsa, febril…
Que debalde se esquiva de um amanhecer mais puro.
Continuar lendo “A Solidão que Invade”

Anúncios