Simbiose

O que eu percorro neste espaço
Que já não existe e se descolore?
Barulhos e vozes se esmaecem em torno de mim
Meus amigos, não os reconheço
E esta é uma jornada quase individual
É quase final…é quase começo…ou meados…
De um rumo ainda embrumecido.
Convide-me para mais um gole
Da loucura que se arrima na expectativa que sobrevém
Aninhado, que seja, em um otimismo especial
Continuar lendo “Simbiose”

Anúncios