Sobre esses Dias…

Sobre esses dias.
Que loucos se renovam
Enervados de letargia
Pendurados em agonia
Em latência, ânsia,
E monotonia…

Não digo que são inúteis
Também possuem seu preço
Mas, que tombos eles provocam!
E num giro fanático,
Adormeço…

E o sono vem como impotência
Por essa cobrança excessiva de toda parte
Em soma, minha cabeça
Agitada, também se cobra demais.

Continuar lendo “Sobre esses Dias…”