O Escapismo do Tempo

1_8_13-como_recuperar_tempo_perdido_jpg

Tempo emborrachado
Escorrega, destemperamentado
De repente é sol, escaldante e escarlate
De repente se faz chuva
E consome o fim da tarde
Que aplaude as passagens de nuvens
As mesmas que choram e confundem
As sombras por onde tento passar
Se movem rápido, também
E se desunem
Envaidecendo o sol, novamente imperioso

Continuar lendo “O Escapismo do Tempo”

Anúncios

Chuva de Fim de Tarde

A vida descortina sua alegria mais profana
E estende seu sorriso, que brilha pelo asfalto moderno
Na tarde que soluça pingos de chuva ao longe
Nossos olhos a veem como um presente singelo

Pelas ruas que se esbaldam de calor
E de perigo tão presente como fantasmas
Lança-se a chuva, escaldada e com pressa
Cuja sombra torta ainda atravessa
Um sonho inocente de amor

Continuar lendo “Chuva de Fim de Tarde”