Sobre esses Dias…

Sobre esses dias.
Que loucos se renovam
Enervados de letargia
Pendurados em agonia
Em latência, ânsia,
E monotonia…

Não digo que são inúteis
Também possuem seu preço
Mas, que tombos eles provocam!
E num giro fanático,
Adormeço…

E o sono vem como impotência
Por essa cobrança excessiva de toda parte
Em soma, minha cabeça
Agitada, também se cobra demais.

Sobre esses dias,
Ainda atônitos
Quem dera se fossem mais macios
Quem dera se fossem tranquilos
Quem dera…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s