Tempos Longos

coragem

Procura, nesses lapsos,
Fugir dos temporais de água e sal
Que se recaem sobre a pele
Que se traem da moral

Procura, sob o sol,
Lutas, argutos, e coragem
Para que o surto mais brilhante
Venha com um ativismo selvagem

Pelo calor sem penumbra,
Procura um rosto familiar
Uma cadeira pouco torta
Onde possa repousar
E o abraço mais comprido
Longo e esbanjado
Que possa te acompanhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s