Intensidade

O amor me envolve! E demente,
Atroz, pelo mar selvagem
Despe-me em sonho com beijo ardente
E me segura forte em longa viagem

Nos rumos errantes do soluço
Envenenado de misturados sabores
Provados do macio sargaço
No corpo palpitando intensas cores

E ele colmata uma crença profunda
Em infinitude, prazer eterno
Dose de dopamina injetada

Sobre meu ser de brilho moderno
Que seja sentença e se faça julgada!
Transitada bem aqui, no meu caderno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s